Paróquia São João Batista - Fátima
 
Notícias em Geral
 
Notícias Relacionadas
14
Out
100 anos de Schoenstatt: diretor do movimento fala dos preparativos

Em 14/10/2014

100 anos de Schoenstatt: diretor do movimento fala dos preparativos

O Santuário da Mãe Peregrina de Schoenstatt, na cidade de Vallendar, Alemanha, prepara-se para receber nesta semana peregrinos de todo o mundo.


Nesta quinta-feira, 16, tem início o tríduo de comemoração aos 100 anos do Movimento de Schoenstatt, no local de sua origem. As festividades seguem até sábado, 18, dia exato do centenário.


A festa também contará com a presença de brasileiros. “Não temos números exatos, porque organizamos uma peregrinação, mas é livre para que outros grupos se organizem”, explica o diretor do movimento no Brasil, padre Alexandre Awi Mello.


Segundo ele, o país vem se preparando espiritualmente há nove anos para esta celebração e, nos últimos anos, todos os 22 Santuários do Brasil organizam a festa de 18 de outubro.


O diretor nacional do movimento destaca que a devoção à Mãe Rainha tem aumentado muito nos últimos anos, mais precisamente neste ano, pois devido à celebração do jubileu, está havendo um processo de reconscientização do trabalho da Mãe Peregrina.


No dia 25 deste mês, a Família de Schoenstatt terá uma audiência com o Papa Francisco na Sala Paulo VI, no Vaticano. Um momento, que segundo padre Alexandre, “está sendo preparado com todo carinho”.


“[O Papa] está feliz de poder celebrar conosco. Nós estamos mais ansiosos que ele, eu acho, pela mensagem que ele possa nos dar”, afirma o sacerdote, que esteve com Francisco em dezembro de 2013.


O movimento no Brasil


Padre Alexandre destaca que existem muitas comunidades ligadas ao Movimento de Schoenstatt no Brasil. “Tem os padres, irmãs, leigos consagrados, os irmãos e irmãs de Maria, o Instituto Nossa Senhora de Schoenstatt, tem também casais, juventude”.


Ele explica ainda que existem diferentes níveis de consagração dentro do movimento, como os institutos de família e instituto sacerdotes diocesanos, um outro grau seria união das famílias e união dos padres diocesanos e o nível mais estendido é a liga apostólica de Schoenstatt.


Há também a campanha da Mãe Peregrina, uma obra apostólica dentro do Movimento, que está organizada em todo o Brasil com mais de 200 mil imagens que visitam famílias mensalmente.


Além disso, mais de um milhão de homens estão vinculados ao movimento através do Terço dos Homens Mãe Rainha. Iniciativa que começou em Recife há cerca de 15 anos.


Santuários


O sacerdote explica que o Movimento nasceu a partir do Santuário de Schoenstatt, ambos estão muito vinculados, entretanto, o movimento espalha-se por várias cidades, sem que haja a obrigatoriedade de ali haver um Santuário.


“Muitas vezes existe o movimento, mas não tem o Santuário. Por exemplo, em Caieiras (SP), agora foi decidido construir o Santuário, mas eles têm o movimento há muitos anos. O movimento vai crescendo e na medida que tem uma família grande, significativa, então é possível fazer a construção de um Santuário”, esclarece padre Alexandre.


O diretor nacional do movimento ressalta que “o Santuário é um local de graças, que a gente conquista através do nosso esforço, entrega e pede a Maria que se estabeleça neste lugar. Então cada Santuário é um lugar especial da presença da Mãe Rainha, onde ela distribui as suas graças”.


Ele explica que, em todos os lugares onde há a presença da imagem da Mãe Rainha, o Movimento acredita que estejam vinculados espiritualmente aos Santuários oficiais, inclusive a Ermida existente na Canção Nova.



Contudo, para a construção de um Santuário de Schoenstatt há um processo maior, esclarece padre Alexandre.


Fonte: Canção Nova

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 
Paróquia São João Batista - Fátima
Rua Miosotis, 145 - Fátima - Joinville/SC
(47) 3436-3997 paroquia@saojoaobatistadofatima.com.br

Copyright © 2019 Paróquia São João Batista - Fátima . Todos os direitos reservados.